A bacia das almas

Este não é mais um livro de autoajuda, é um palco onde as ideias desfilam sem a menor pretensão de serem a palavra final
Disponível em e-book
  • impresso R$22,90

    preço sugerido

  • e-book R$22,90

    preço sugerido

COMPRAR
Lojas disponíveis para compra do produto E-BOOK

Bacia das Almas. 13. Ecles. Nas igrejas, prato onde se depositam esmolas: a bacia das almas.Na bacia das almas.1. Bras. Pop. Fig. Demasiadamente barato Fonte: Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa O que significa ter fé? Ou melhor, como devemos vivenciar a fé que dizemos ter? Em A bacia das almas, Paulo Brabo fala sobre a fé, em especial a sua própria, e a verdadeira espiritualidade. O livro é uma coletânea de artigos e documentos publicados por Paulo Brabo em seu site (www.baciadasalmas.com), por um período de cinco anos. Os textos refletem as angústias e as reflexões do próprio autor sobre diversos temas: igreja, espiritualidade, cultura, literatura, sociedade, cinema, entre outros aspectos que formam o ser humano. São reflexões e narrativas, provocações e confissões. A bacia das almas não é mais um livro de autoajuda, já que não apresenta fórmulas mágicas e respostas prontas. O livro prima pela incerteza e pela insegurança; sua tribuna é um palco onde as ideias desfilam sem a menor pretensão de serem a palavra final. O livro também não é um tratado anti-igreja, como podem pensar alguns ao notar seu subtítulo. O ex-dependente de igreja Paulo Brabo refere-se ao ativismo exacerbado com o qual esteve envolvido por muitos anos, sob o equívoco de que esse envolvimento refletia a profundidade de sua fé e espiritualidade. Brabo escreve sem clemência porque escreve de si mesmo e para si mesmo. Seu assunto é a ideia subversiva, presente na cosmovisão dos primeiros cristãos mas perdida no transição dos séculos, de que ser salvo é estar despido de qualquer ilusão. As reflexões de Paulo Brabo levarão você a também repensar o seu papel dentro da igreja e na sociedade, e a enxergar com outros olhos o mundo em que está inserido.