Skip to content Skip to footer

Exclusão e abraço

Caminhos para o diálogo, a justiça e a paz em meio às tensões da sociedade contemporânea.

Informação adicional

Autor

Dimensões

16×23

Encadernação

Brochura

Formato

Livro físico, E-book, Compra internacional

ISBN

978-6586027747

Número de páginas

448

Livro físicoE-bookCompra internacional
Limpar

Descrição

Os dias atuais apresentam uma realidade perturbadora. A alteridade, o simples fato de ser diferente de alguma forma, passou a ser definido como algo indesejado. Miroslav Volf afirma que a palavra curadora do evangelho precisa ser anunciada, e a teologia cristã não pode furtar-se a ignorar o quadro latente de ódio entre os diversos grupos de uma sociedade. A mensagem de Cristo é essencialmente reconciliatória, e nada melhor que a metáfora do abraço para anunciar a resposta cristã à exclusão.

Exclusão e abraço é considerada a obra-prima de Miroslav Volf, um dos teólogos mais brilhantes de sua geração. Editada há 25 anos, esta edição comemorativa, atualizada e ampliada, chega agora ao público de língua portuguesa.

Este livro é uma importante contribuição para a teologia política. Um grande testemunho prestado ao Deus que perdoa e não lembra para sempre, transformando inimigos numa nova comunidade.

Jürgen Moltmann, professor emérito de teologia sistemática na Universidade de Tubinga, em Hamburgo, Alemanha

Enormes problemas acontecem, diz Volf, quando excluímos o nosso inimigo da comunidade dos seres humanos e quando excluímos a nós mesmos da comunidade dos pecadores — quando esquecemos que não somos as pessoas perfeitas e boas, somos também as imperfeitas. Quando nos lembramos disso, nosso ódio não nos mata nem nos absorve, e de fato podemos sair por aí e trabalhar em busca de justiça.

Tim Keller, Redeemer Presbyterian Church, de seu sermão no domingo posterior ao 11 de setembro de 2001

Uma das melhores obras teológicas da teologia cristã […]. Quer estejamos tratando de relações internacionais quer de relações interpessoais, o mal precisa ser nomeado e confrontado […]. Só quando o mal e o malfeitor são identificados como o que e quem são — e é isso que Volf quer dizer com o termo “exclusão” — pode ocorrer o segundo movimento para o “abraço”, o abraço daquele que feriu a nós ou a mim profundamente.

N. T. Wright, autor de O mal e a justiça de Deus

 

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Exclusão e abraço”

O seu endereço de e-mail não será publicado.