Skip to content Skip to footer

Os Leitores da Mundo Cristão

A riqueza da diversidade colabora para enriquecer aquilo que oferecemos

Você deve estar imaginando que,

por se tratar de uma editora de livros, nos finais de semana os nossos colaboradores — com certeza todos intelectuais sisudos — passam horas e horas lendo o melhor da literatura mundial.

Pense num profile pic fotografado no meio de uma estante cheia de clássicos, com uma caneca de café ao lado.

Nada mais longe da verdade.

Não porque quem trabalha na Mundo Cristão não tenha capacidade ou interesse para tanto

(de fato alguns realmente adoram e conseguem ler mais de um livro num fim de semana).

E também não porque nossa equipe não lê uma quantidade de livros por ano bem acima da média.

Lemos sim, mas fazemos outras coisas também.

Descobri há tempos que os livros abrem os horizontes dos leitores para experiências além da leitura.

E que os leitores mais ávidos são também aqueles sabem se divertir e se ocupar com as atividades mais ecléticas,

celebrando a vida, os relacionamentos, a espiritualidade, o esporte,

a gastronomia e as artes com intencionalidade e o discernimento de quem convive com gente inteligente,

humilde e ciente da liberdade que há em Cristo.

Como integrantes de uma editora de livros,

só conseguimos ser de fato relevantes se compreendermos o contexto dos nossos leitores.

Os melhores editores, por exemplo,

são aqueles que dominam o lado técnico do seu trabalho mas que também nutrem interesses ecléticos por uma diversidade de ciências e artes.

São esses que sabem quando questionar um autor,

quando alterar o sentido de uma frase para melhor refletir a história,

ou quando antever possíveis questionamentos que virão dos leitores mais antenados.

O mesmo vale para os outros departamentos. Os melhores vendedores e profissionais de comunicação compreendem o mundo dos nossos clientes,

e conseguem empatizar com experiências alheias, compreendendo necessidades e preparando soluções de antemão.

Nenhum colaborador da Mundo Cristão trabalha num vácuo, distante do mundo de quem nos preza e consome nossos produtos.

Conhecer o mundo dos leitores resulta na publicação de livros mais pertinentes para eles e elas.

O ecletismo de quem trabalha aqui nos ajuda a escolher livros mais apropriados e métodos de trabalho que beneficiam quem consome literatura.

E, cremos, ajuda nossos leitores a se aprofundarem na sua fé, na sua teologia, na sua compreensão do “outro” e na sua escolha de prioridades, tudo à luz da verdade da Bíblia.

A riqueza da diversidade na Mundo Cristão colabora para enriquecer aquilo que oferecemos.

Em nossa equipe temos jornalistas, um ex-campeão de xadrês, teólogos,

um ex-professor de grego, fotógrafos, gente que faz paraquedismo, gente que desfila com a Rosas de Ouro, pais, mães,

gente que ouve Cage the Elephant e Radiohead, gente que curte David Foster Wallace e Caetano Velloso,

que pinta cerâmica e costura bolsas, uma contadora que adora cozinhar, gente que viaja para Jamaica para assistir show do Hanson,

gente casada com músicos, gente calvinista, arminiano, pentecostal, católica, adventista, criacionista, evolucionista, assembleiana, corinthianos, palmeirenses, são-paulinos,

e gente que lê ficção, não-ficção, poesia, teologia e livros de arte, gente que assiste Breaking Bad, Narcos, Abstract, Game of Thrones, Mad Men, 13 Reasons Why e a novela das oito.

É o que aprendemos do mundo e o que trazemos de volta para a nossa proposta de trabalho: editar e distribuir os melhores textos de cosmovisão cristã, servindo como instrumento para a transformação de vidas.

Sou um privilegiado. Trabalho entre pessoas interessantes, talentosas, comprometidas com a mensagem de Cristo, motivadas pela missão que compartilhamos.

Pessoas que lêem e pessoas que aprendem, pelos livros, a viverem.


Mark Carpenter

Presidente da Editora Mundo Cristão

Deixe um comentário