Skip to content Skip to footer

Celebre a Páscoa e a esperança da vida eterna com Cristo!

Aproveite o feriado e dedique-se à reflexão acerca dos maravilhosos fatos que permeiam a celebração da “Semana Santa”

Às vezes, acostumados pela rotina, não paramos para refletir seriamente sobre o significado de algumas frases e versículos que repetimos, costumes que adotamos ou eventos que celebramos.

A famosa afirmação “Deus ama você” é uma delas. Pode ser que você já tenha ouvido essa declaração tantas vezes que já não extraia a verdade extasiante que ela expressa.

Quem o ama? O Criador do Universo, o Deus do Impossível que abriu o mar vermelho e fechou a boca dos leões! Não é algo maravilhoso ser alvo desse amor? Leia o trecho de João 3.16 e deixe que o significado intrínseco a ele permeie toda a sua mente: “Porque Deus amou tanto o mundo que deu o seu Filho único para que todo aquele que crer nele não pereça, mas tenha a vida eterna”. Você amaria uma pessoa a tal ponto de dar o seu filho para morrer no lugar dela? Deus sim. E a pessoa pela qual ele fez isso é você! Que reflexão deleitosa, não é mesmo?

O que dizer da chamada “Semana Santa”? Já parou para refletir sobre os eventos que são relembrados nesses dias? O feriado da “Sexta-feira da Paixão” é dedicado à lembrança do sacrifício de Jesus na cruz.

Independentemente da religião, toda a sociedade é convidada a voltar seus olhos ao passado e a trazer à memória a ação benevolente do Salvador.

É realmente muito bom pensar que no calendário há uma data dedicada para celebrar o maior evento da história; uma ótima ocasião para pensar em Jesus e ler o relato de sua paixão nas próprias páginas da Bíblia.

Fazê-lo é algo simples e não exige aquele tipo de polêmica que busca associações entre datas e deuses pagãos do passado.

Nada disso. Pense em Jesus. É esse o motivo dessa semana. Aliás, você já fez isso ao invés de apenas preocupar-se com os ovos de chocolate?

No domingo de Páscoa, um fato assombroso é comemorado pelos cristãos: a ressurreição de Jesus Cristo.

Demore-se no seguinte pensamento por um instante: uma pessoa que venceu a morte!

Jesus, aquele que foi torturado cruelmente e morreu no madeiro, é o mesmo que ressuscitou vitorioso.

Ele cumpriu a Lei e viveu sem pecado. Por meio de seu sacrifício e ressurreição, ele pagou o preço que você jamais poderia pagar, e lhe deu vitória que jamais conseguiria alcançar.

Aqueles que se rendem aos pés do Salvador desfrutam da doce esperança de passar a eternidade com ele e já não temem o inferno.

Eles sabem que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem principados e potestades, nem o presente nem o futuro, nem um lugar bem alto no céu, ou nas profundezas do mar, nem qualquer outra coisa será capaz de separá-los do amor de Deus que está em Cristo Jesus (cf. Rm 8.38-39).

É por isso que já não temem o futuro, pois, para eles, o viver é Cristo e o morrer é ganho (cf. Fp 1.21). Eles creem no que Jesus disse: “Eu sou a ressurreição e a vida.

Todo aquele que crê em mim, mesmo que morra, viverá, e quem vive e crê em mim não morrerá eternamente” (Jo 11.25-26).

É por isso que não podemos deixar a rotina tomar conta de nós, a ponto de já não dedicarmos nossa atenção às mensagens que estão nas entrelinhas dos fatos.

As celebrações que permeiam os próximos dias, por exemplo, estão encharcadas de demonstrações do amor de Deus e de esperança para a caminhada.

Elas relembram a libertação do pecado, salvação eterna, certeza do amor do Pai e convicção de que ele está ao nosso lado.


 “Que podemos dizer diante de coisas tão magníficas quanto estas? Se Deus está do nosso lado, quem é que pode estar contra nós? Visto que ele não poupou nem o seu próprio Filho, mas o entregou por todos nós, será que certamente não nos dará, e de graça, todas as coisas? (Rm 8.31-32).


Neste feriado, não se preocupe apenas com a viagem de fim de semana ou com a compra de chocolates.

Faça mais! Dedique um tempo para a reflexão. Deixe que a verdade das Escrituras crie raízes em seu coração.

Celebre os grandes feitos do Senhor e compartilhe a esperança que vem por meio do conhecimento de tão magnífico amor!

*Citações bíblicas da Nova Bíblia Viva, NBV.

Leia também:

Você já falou de Jesus hoje?

Quer saber qual é a coisa mais bacana em relação à vinda de Cristo?

Seus pecados estão perdoados

Deixe um comentário