Skip to content Skip to footer

Atenção! Tem gente influenciando seus filhos já está nas livrarias!

Confira nosso bate-papo com Cris Poli, a famosa Supernanny

O quarto livro de Cris Poli pelo selo Mundo Cristão, Atenção! Tem gente influenciando seus filhosacaba de chegar às livrarias de todo o Brasil. Na obra, a experiente pedagoga oferece orientações aos pais que desejam lidar com influências negativas na educação das crianças, as quais podem ser causadas por agentes muito presentes no dia a dia dos pequenos – avós, parentes, pai ou mãe separados, escola, moda, sociedade, televisão, entre outros. (Clique aqui e leia a sinopse do lançamento).

Para aguçar a sua curiosidade sobre a novidade, conversamos com Cris. No bate-papo, ela dá dicas acerca do conteúdo do livro e deixa uma mensagem especial aos nossos leitores. Confira!

Mundo Cristão: Atenção! Tem gente influenciando seus filhos… Por que pai e mãe precisam estar atentos a essa realidade?

Cris Poli: Porque muitas pessoas e conteúdos veiculados em diversos aparelhos eletrônicos entram em contato com as crianças no dia a dia. Eles exercem forte influência na personalidade e caráter dos pequenos.

Por isso, é necessário que os pais mantenham contato diário e relacionamento próximo com os filhos.  O livro é um alerta para que os pais se conscientizem da necessidade da participação ativa na educação das crianças, zelando pelo bom senso e evitando o extremo da superproteção.

Como preparar-se para lidar com uma reação negativa dos parentes quando o objetivo é interromper a influência negativa que exercem sobre nossos filhos?

É importante ter convicção em relação aos objetivos da educação das crianças e ter disposição para o diálogo e posicionamento firme.

No livro, você dedica um capítulo especial para falar sobre o ambiente escolar, inclusive com informações sobre as principais correntes pedagógicas e dicas para os pais escolherem a instituição de ensino mais adequada à criança. Qual risco pai e mãe correm ao não observarem tais informações antes de matricularem o filho em uma instituição de ensino?

O risco é que haja contradições nos valores e princípios que querem transmitir para os filhos e que a proposta pedagógica da escola não seja adequada à orientação da família ou ao perfil da criança.

Como você enxerga a influência da mídia, da publicidade e da moda na mentalidade dos pequenos nesse início de século 21? Como intervir, sem aliená-los?

A supervisão do que os filhos assistem na mídia é fundamental. Essa intervenção ensina as crianças a avaliar e julgar o que estão consumindo, ensinando-os a serem criteriosos. As crianças estão ficando conectadas à internet cada vez mais prematuramente e é preciso protegê-las.

Nesse ambiente, são inúmeros os riscos, não somente para os filhos, mas para as famílias em geral. Interação, diálogo, paciência, convicção, amizade, exercício da paternidade e muito amor é o aconselhado.

Cristianismo, criação de filhos e as demandas de uma sociedade cada vez mais avessa aos padrões de conduta e moral estabelecidos por Deus. Há esperança para os pais que desejam transmitir a fé que professam aos filhos? De que forma podem fazê-lo?

Sempre há esperança. O segredo? Viver a Palavra de Deus no dia a dia. Os pais são referenciais de conduta e os responsáveis pela educação dos filhos.

Uma mensagem aos leitores MC:

Desejo que essa parceria com a Mundo Cristão e com vocês, leitores, cresça e nos torne cada vez mais próximos nessa desafiadora tarefa de educar filhos.


Se existem múltiplas possibilidades de influências negativas na educação e no desenvolvimento da criança, também há diversas possibilidades de solução. Portanto, independentemente de qual seja sua situação, saiba que há esperança, mediante atitudes que você pode tomar.


Outros livros da autora:
S.O.S dos pais – 500 dicas para educar sem enlouquecer
Pais responsáveis educam juntos
Pais admiráveis educam pelo exemplo

Deixe um comentário